Skip Navigation Links

 

   






FAQ - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

1) O que vem a ser a Maçonaria? 

A Maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista. É uma organização fraternal que tem como princípio básico o amor fraterno, a prática da caridade e a busca da Verdade. Existe um velho ditado que diz: "A Maçonaria escolhe homens de bem e faz deles ainda melhores". A Maçonaria oferece a cada um dos seus membros a oportunidade de conviver regularmente com homens de bom caráter, o que reforça o seu próprio desenvolvimento pessoal e moral.

2) O que garante a convivência fraternal?
- É conseguida pela proibição de discussões politico-partidárias ou religioso-sectárias, visto que esses assuntos, têm dividido os homens ao longo da história. Os maçons, sem discutir as suas crenças pessoais nestes dois assuntos, incentivam os homens a serem religiosos sem particularizar uma religião e encoraja-os a serem ativos nas suas comunidades. As ferramentas usadas pelos "pedreiros livres", aque dominavam a arte da construção, comuns nos canteiros medievais, como o maço, o cinzel, o nivel, o prumo, o compasso e outros, têm cada uma um significado simbólico na Maçonaria associado a uma virtude que o maçom precisa buscar ou aperfeiçoar. A Maçonaria distingue-se de outras ordens fraternais pela sua ênfase no caráter moral, no seu sistema de rituais e na sua longa tradição. Há três graus na Maçonaria Simbólica: Aprendiz, Companheiro e Mestre. A maioria das lojas têm reuniões regulares e semanais e congregam-se em potências Maçônicas, chamadas Grandes Lojas ou Grandes Orientes.

3) Por que é Filosófica?
- É filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e efeitos das causas naturais. Investiga as leis da natureza e relaciona as primeiras bases da moral e da ética pura.

4) Por que é Filantrópica?
- Porque não está constituída para obter lucro pessoal de nenhuma classe, senão, pelo contrário, suas arrecadações e seus recursos se destinam ao bem-estar do gênero humano, sem distinção de nacionalidade, sexo, religião ou raça. Procura conseguir a felicidade dos homens por meio da elevação espiritual e pela tranqüilidade da consciência.

5) Por que é Progressista?
- Porque partindo do princípio da imortalidade e da crença em um princípio criador regular e infinito, não se aferra a dogmas, prevenções ou superstições. E não põe nenhum obstáculo ao esforço dos seres humanos na busca da verdade, nem reconhece outro limite nessa busca senão o da razão com base na ciência.

6) Quais são os seus princípios?
- A LIBERDADE dos indivíduos e dos grupos humanos, sejam eles instituições, raças, nações; a IGUALDADE de direitos e obrigações dos seres e grupos sem distinguir a religião, a raça ou nacionalidade; a FRATERNIDADE de todos os homens, já que somos todos filhos do mesmo Criador.

7) Qual o seu lema?
- Ciência - Justiça - Trabalho: Ciência, para esclarecer os espíritos e elevá-los; Justiça, para equilibrar e enaltecer as .relações humanas; e Trabalho por meio do qual os homens se dignificam e se tornam independentes economicamente.

8) Qual é seu objetivo?
- Seu objetivo é a investigação da verdade, o exame da moral e a prática das virtudes.

9) O que entende a Maçonaria por moral?
- Moral é para a Maçonaria uma ciência com base no entendimento humano. É a lei natural e universal que rege todos os seres racionais e livres. É a demonstração científica da consciência. E essa maravilhosa ciência nos ensina nossos deveres e a razão do uso dos nossos direitos. Ao penetrar a moral no mais profundo da nossa alma sentimos o triunfo da verdade e da justiça.

10) O que entende a Maçonaria por virtude?
- A Maçonaria entende que virtude é a força de fazer o bem em seu mais amplo sentido; é o cumprimento de nossos deveres para com a sociedade e para com a nossa família sem interesse pessoal. A virtude não retrocede nem ante o sacrifício e nem mesmo ante a morte, quando se trata do cumprimento do dever.

11) O que entende a Maçonaria por dever?
- A Maçonaria entende por dever o respeito e os direitos dos indivíduos e da sociedade. Devemos proteger e servir aos nossos semelhantes. A Maçonaria resume o dever do homem assim: "Respeito a Deus, amor ao próximo e dedicação à família". Em verdade, essa é a maior síntese da fraternidade universal.

12) A Maçonaria é religiosa?
- Sim, é religiosa, porque reconhece a existência de um princípio criador, regulador, absoluto, supremo e infinito ao qual se dá, o nome de GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO, que é Deus, porque é uma entidade espiritualista em contraposição ao predomínio do materialismo. Estes fatores, que são essenciais e indispensáveis para a interpretação verdadeiramente religiosa e lógica do UNIVERSO, formam a base de sustentação e as grandes diretrizes de toda ideologia e atividade maçônicas.

13) A Maçonaria é uma religião?
- Não. A Maçonaria não é uma religião. É uma sociedade que tem por objetivo unir os homens entre si. União recíproca no sentido mais amplo e elevado do termo. E nesse seu esforço de união dos homens, admite em seu seio pessoas de todos os credos religiosos sem nenhuma distinção. A Maçonaria defende a existência de um Ser Supremo ou princípio Criador. Uma religião é muito mais complexa, implicando em detalhes como a existência de um plano para salvação ou caminho pelo qual se alcança uma recompensa depois da vida terrena. Implica também numa teologia que tenta descrever a natureza de Deus e divulga a descrição de modos ou práticas pelos quais um homem ou uma mulher podem buscar comunicar-se com Deus. A Maçonaria não faz nenhuma dessas coisas. Apenas abre e fecha os seus trabalhos com uma oração e ensina que nenhum homem deveria começar qualquer empreitada importante sem antes buscar apoio espiritual em Deus. Apesar disso, não ensina aos homens como eles devem rezar ou o que devem pedir. Ao invés disso, prega que cada um tem que achar as suas respostas para as suas perguntas na sua própria fé, na sua igreja, sinagoga, templo ou qualquer outro templo religioso. Por fim, não está fundamentada em nenhuma religião.

14) Se a Maçonaria não é uma religião, por que usa um ritual ?
- A relação entre ritual e religião é muito freqüente, mas se analisarmos o assunto vamos notar que os rituais são uma parte de nós que pouco notamos. Ritual é simplesmente a maneira como algumas coisas são feitas, uma espécie de procedimento padrão para impor ordem e disciplina aos trabalhos. Sem essa seqüência de atos a serem vencidos, temos a indisciplina e a perda de tempo. O resultado será sempre questionável. A Maçonaria usa um ritual porque é um modo efetivo para ensinar ideias importantes. Além disso, o ritual Maçônico é muito rico e muito antigo, remontando aos primórdios de sua criação.

15) O que é o Rito ?
- O Rito é um corpo de normas que regem os trabalhos de uma Loja, quando em reunião regular.

16) Para ser Maçom é necessário renunciar à religião a qual se pertence?
- Não, porque a Maçonaria abriga em seu seio homens de qualquer religião, desde que acreditem em um só Criador, o GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO. Geralmente existe essa crença entre os católicos, mas ilustres prelados tem pertencido à Ordem Maçônica; entre outros, o Cura Hidalgo, Paladino da Liberdade Mexicana; o Padre Calvo, fundador da Maçonaria na América Central; o Arcebispo da Venezuela, Don Ramon Ignácio Mendez; Padre Diogo Antonio Feijó; Cônegos Luiz Vieira, José da Silva de Oliveira Rolin, da Inconfidência Mineira, Frei Miguelino, Frei Caneca e muitos outros.

17) Um religioso pode ser maçom ?
- Nada impede que um religioso seja aceito como maçom. O que jamais se verá, no entanto, é um ateu ser recebido na Maçonaria regular, pois um dos princípios básicos para a admissão na Ordem é a crença num Ser Supremo.

18) Os maçons são anti-católicos ?
- Em absoluto! Nada existe a esse respeito nas tradições e rituais maçônicos. Saliente-se que cada maçom possui as suas próprias convicções religiosas e todos convivem fraternalmente nas reuniões das suas Lojas e fora delas. A Maçonaria combate o sectarismo religioso em qualquer das suas manifestações e respeita a crença dos seus membros.

19) Os maçons são racistas ou elitistas ?
- Quanto ao racismo, a Maçonaria estabelece explicitamente a igualdade entre os homens sem considerar raça, credo ou cor. Se considerarmos que apenas são convidados a participar da Maçonaria homens virtuosos e representantes da sociedade, pode-se dizer que ela é uma elite, embora o correto seja afirmar que ela impõe critérios rigorosos para a iniciação de um novo membro. Costuma-se dizer que: o que no homem comum é uma virtude, no maçom é uma obrigação. Como se depreende, os critérios de seleção não se baseiam em valores materiais. A Maçonaria congrega uma ampla faixa de pessoas: profissionais liberais, comerciantes, professores, artistas, políticos, trabalhadores especializados, bancários, banqueiros, militares empresários, etc.. perante a Maçonaria todos são iguais.

20) A Maçonaria é tolerante?
- É eminentemente tolerante e exige dos seus. membros a mais ampla tolerância. Respeita as opiniões políticas e crenças religiosas de todos os homens, reconhecendo que todas as religiões e ideais políticos são igualmente respeitáveis e rechaça toda pretensão de outorgar situações de privilégio a qualquer uma delas em particular.

21) Uma vez iniciado na maçonaria, uma pessoa jamais poderá sair ?
- Não há esse impedimento. Desejando afastar-se da Maçonaria, basta que o maçom requeira o seu afastamento a Loja, pois isso é um direito seu. A Maçonaria preza a liberdade dos seus membros tanto quanto luta para preservar a liberdade dos cidadãos em geral.

22) Quais os homens ilustres que foram Maçons?
- Filósofos como Voltaire, Goethe e Lessing; Músicos como Beethoven, Haydn e Mozart; Estadistas como George Washington e Benjamin Frankilin; Militares como Frederico o Grande, Napoleão e Garibaldi; Poetas como Byron, Lamartine e Hugo; Escritores como Castellar, Mazzini e Espling.

23) Somente no exterior houve Maçons ilustres?
- Não. Também na América existiram. Os libertadores da América foram todos maçons. Washington nos Estados Unidos; Miranda, o Padre da Liberdade sul-americana; San Martin e O`Higgins, na Argentina; Bolivar, no Norte da América do Sul; Marti, em Cuba; Benito Juarez, no México e o Imperador Dom Pedro I no Brasil.

24) Quais os nomes de destaque no Brasil que foram Maçons?
-D. Pedro I, José Bonifácio, Joaquim Gonçalves Lêdo, Luis Alves de Lima e Silva (Duque de Caxias), Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Prudente de Morais, Campos Salles, Rodrigues Alves, Nilo Peçanha, Hermes da Fonseca, Wenceslau Braz, Washington Luiz, Rui Barbosa e muitos outros.

25) O que a Maçonaria combate?
- A ignorância, a superstição, o fanatismo, a tirania, o orgulho, a intemperança, o vício, a discórdia, a dominação e os privilégios.

26) A Maçonaria é uma sociedade secreta?
- Não, pela simples razão de que sua existência é amplamente conhecida. As autoridades de vários países lhe concedem personalidade jurídica. Seus fins são amplamente difundidos em dicionários, enciclopédias, livros de história etc. Os únicos segredos, que existem e não se conhecem senão por meio do ingresso na instituição, são os meios para se reconhecer os maçons entre si, em qualquer parte do mundo e o modo de interpretar seus símbolos e os ensinamentos neles contidos.

27) Quais as principais obras da Maçonaria no Brasil?
- A Independência, a Abolição da Escravatura e a República. Isto para citar somente os três maiores feitos da nossa história, em que os maçons tomaram parte.

28) O que se aprende ao entrar para a Maçonaria ?
- Os maçons aprendem os seus preceitos em reuniões, que seguem liturgias, herdadas dos usos e costumes dos antigos (medievais) construtores de catedrais, utilizando como meio de transmissão dos seus ensinamentos, os símbolos e as alegorias dos antigos pedreiros. Entre outras coisas, nas Lojas maçônicas aprende-se a amar a pátria em que se vive, a se submeter às leis e às autoridades legalmente constituídas e considerar o trabalho como um dever essencial ao ser humano. A Maçonaria ensina e pratica os princípios e os ideais da decência, honestidade, gentileza, honradez, compreensão e afeto.

29) O que é um templo maçônico ?
- É um lugar onde se reúnem os maçons periodicamente para praticar as cerimônias ritualísticas que lhes são permitidas, em um ambiente fraternal e propício para concentrar sua atenção e esforços para melhorar seu caráter, sua vida espiritual e desenvolver seu sentimento de responsabilidade.

30) Quem é o chefe da Maçonaria ?
- A Maçonaria não tem um chefe propriamente dito, mas cada Grande Loja é presidida por um oficial denominado Grão Mestre, eleito periodicamente pelo povo maçônico da jurisdição da própria Grande Loja. Dentro da jurisdição da sua Grande Loja, o Grão Mestre é a autoridade máxima.

31) Quais são as condições indispensáveis para ser um maçom ?
- É necessário que o candidato prima pela moral e pelos bons costumes. Crer na existência de um princípio Criador; ser homem livre e de bons costumes; ser consciente de seus deveres para com a Pátria, seus semelhantes e consigo mesmo; ter uma profissão ou oficio lícito e honrado que lhe permita prover suas necessidades pessoais e de sua família e a sustentação das obras da Instituição.

32) Como se faz para ser maçom ?
-
É preciso que o candidato seja indicado por um Mestre Maçom e tenha a sua iniciação aprovada pela Loja. Nossa Potência é exclusiva para homens. Um Maçom pode notar que alguém tem as qualidades que procuramos, e o propõe para admissão em uma de nossas Lojas. Caso venha a ser aceito pela Loja, a sua admissão será providenciada.

33) O que se exige dos Maçons?
- Em princípio, tudo aquilo que se exige ao ingresso em qualquer outra instituição: respeito aos seus estatutos, regulamentos e acatamento às resoluções da maioria, tomadas de acordo com os princípios que as regem; amor à Pátria; respeito aos governos legalmente constituídos; acatamento às leis do país em que viva, etc. E em particular: a guarda do sigilo dos rituais maçônicos; conduta correta e digna dentro e fora da Maçonaria; a dedicação de parte do seu tempo para assistir às reuniões maçônicas; a prática da moral, da igualdade e da solidariedade humana e da justiça em toda a sua plenitude.

34) O que se obtém sendo Maçom?
- A possibilidade de aperfeiçoar-se, de instruir-se, de disciplinar-se, de conviver com pessoas que, por suas palavras, por suas obras, podem constituir-se em exemplos; encontrar afetos fraternais em qualquer lugar em que se esteja dentro ou fora do país. Finalmente, a enorme satisfação de haver contribuído, mesmo em pequena parcela, para a obra moral e grandiosa levada a efeito pelos homens. A Maçonaria não considera possível o progresso senão na base de respeito à personalidade, à justiça social e a mais estreita solidariedade entre os homens. Ostenta o seu lema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade" com a abstenção das bandeiras políticas e religiosas. A Maçonaria não admite em seu seio pessoas que não tenham um mínimo de cultura que lhes permitam praticar os seus sentimentos e tenham uma profissão ou renda com que possam atender às necessidades dos seus familiares, fazer face às despesas da sociedade e socorros aos necessitados.

35) Os rituais maçônicos criam embaraços ao candidato ?
- Não. Os rituais em geral e os utilizados na cerimônia de iniciação foram escritos para sublinhar virtudes que deverão ser desenvolvidas pelos candidatos, tais como, Justiça, Amor Fraternal, Temperança, Caridade, Solidariedade, etc. Usa-se nos rituais uma linguagem ricamente ilustrada por simbolismo. Em nenhum momento são criadas situações que possam embaraçar ou desagradar os candidatos, ou, que poderiam violar as suas convicções patrióticas, crença religiosa ou familiar.

36) A Maçonaria não seria uma espécie de clube de negócios ?
- Não. Dificilmente seria aprovado um candidato que quisesse entrar para a Maçonaria apenas por interesses comerciais. De qualquer forma, com o decorrer do tempo, os maçons vão criando grandes amizades uns com os outros, e não se deve estranhar quando algum negócio seja feito entre eles.

Irmão Ricardo Ferreira*




   
Copyright © 2017 Maçonaria Virtual